"A Livraria dos Destinos" de Veronica Henry (opinião)

Este fim de semana, após a montagem da árvore de Natal e a família se espalhar, fiquei bem acompanhada com uma manta quente e fofa e tive o sofá só para mim. Foi a altura ideal para terminar a leitura deste livro. E acreditem, foi uma excelente decisão! Deixou-me bem disposta e de coração bem quentinho. :)

Este livro é uma delícia do princípio ao fim. Desde as personagens, as suas histórias, e as ligações entre si, até ao local onde se desenrola a ação - uma vila do interior de Inglaterra em cujo coração se encontra uma pequena livraria - a Nightingale Books. A história à volta da livraria é por si só uma maravilha. Vai deixar todos os bibliófilos de coração a transbordar!

Emilia perdeu o pai recentemente e tem de decidir o que fazer: se dar continuidade à livraria de Julius, que precisa de uma grande reviravolta, ou se vendê-la e escolher outro rumo para a sua vida. Nas semanas que se seguem à morte do pai, Emilia vai conhecendo todos aqueles que foram tocados por Julius e se sentem felizes ao visitar a pequena livraria. Aos poucos ela vai percebendo a importância que esse espaço tem na vida de cada um, e não tarda que ela própria sinta os efeitos da Nightingale Books.

A autora, Veronica Henry era-me desconhecida, mas vou ficar de olho noutros livros que venham a ser publicados em Portugal. A sua escrita é simples, bem organizada e muitíssimo cativante. Veronica Henry é uma verdadeira contadora de histórias, pois não só me foi difícil intervalar a leitura como a história se manteve sempre comigo, fazendo-me imaginar o que iria acontecer a seguir. Gostei muitíssimo! E adorava ver este livro transformado em filme. A sério! Dava um excelente filme para o Natal!!! E eu estaria na primeira fila. :)
Foi uma excelente leitura para intervalar entre livros mais pesados.

Parabéns à TopSeller por mais esta aposta!! Um livro perfeito para aqueles corações mais românticos e bibliófilos assumidos que vão delirar com as descrições de livros e da livraria. :)

"Piadas Ribeirinhas" de Pedro Ribeiro (opinião)

Para começar a semana com um sorriso nos lábios, escrevo-vos sobre este livro que deveria vir com um aviso: "Pode provocar dores nos maxilares de tanto rir." :D

Sou fã de piadas secas e durante muitos anos ouvi o Pedro Ribeiro na Comercial. Lá no escritório era eu a única que se ria daquelas tiradas do Pedro tipo "E o que faria Guimarães?" quando a menina do trânsito falava sobre a Rua Faria de Guimarães no Porto.

Pois Pedro Ribeiro, conhecido radialista português que nos últimos anos para pela Rádio Comercial, decidiu (e muito bem) fazer uma compilação das piadas que andou distribuindo pelos carros, casas e escritórios de Portugal via ondas de rádio, e publicou-a com o adequado título de "Piadas Ribeirinhas" - título este que, se não inspirado no nome do autor, pode também estar relacionado com a vontade do leitor de se atirar ao rio após o ler. Ok, ok... não sou tão boa como o Pedro nisto das piadas secas. Até porque esta era bem molhada.

Enfim... voltando o bendito livro... só seria melhor se fosse audio. Na passada quinta à noite lá em casa, a televisão não se acendeu e o entretenimento foi, sem mais nem menos, a leitura das Piadas Ribeirinhas. Uma noite bem passada, acreditem. Enchemos a barriga de riso. E ficámos com os maxilares a doer. :D

Uma excelente sugestão para prenda de Natal!

Sugestão da Semana 49

A sugestão desta semana vem disfarçada de Sugestão de Natal! Partilho convosco uma das prendas que vou oferecer este Natal a um dos meus mais que tudo. :) 
Doidinha pelos livros como sou, não podia deixar de oferecê-los a quem mais gosto, certo? Por isso, aqui fica, esta sugestão de prenda para um leitor do sexo masculino, embora haja com toda a certeza, meninas que fiquem encantadas com Edgar Allan Poe. 

A capa é lindíssima e a encadernação, sublime! Capa rija com fitinha vermelha como marcador. :) E esta edição tem a particularidade de ter cada conto maravilhosamente  ilustrado por artistas portugueses, como podem ver pelo exemplo na foto abaixo.

Que mais vos posso dizer? A sinopse, para quem não conhece a obra deste autor...

Quem foi Edgar Allan Poe? Um bardo tocado pelos deuses ou nada mais do que um homem atormentado pela loucura e pobreza e que desapareceu misteriosamente nos últimos dias antes da sua morte?

As histórias que deixou para trás mostram como o seu génio literário não se detinha perante nada. Abriu novos caminhos de ficção e tornou-se assim pai de histórias de detetives, pioneiro na ficção científica, um mestre do suspense e horror.

Reconhecido como uma das vozes mais influentes e inspiradoras do século XIX, a presente edição especial convida-o a apreciar 28 dos melhores contos do autor ilustrados por artistas nacionais, dando a conhecer o legado de Edgar Allan Poe a novas gerações.

Este livro está à venda na Wook, agora com 20%, por 19,52€. É um pouco caro, mas vale muitíssimo a pena.

"Imaculada" de Paula Lobato de Faria (opinião)


Quis ler este livro por duas razões e mais uma. ;)
Primeiro, porque é uma autora portuguesa e gosto de ler autores portugueses sempre que possível. Neste caso, como o tema me atraía (eis a segunda razão), não hesitei. A razão extra prende-se com o nome da autora... Sempre gostei muito das obras da senhora sua prima, Rosa Lobato de Faria, e embora, obviamente, não estivesse à espera que a escrita de uma fosse semelhante à da outra, congratulei-me por descobrir que Paula Lobato de Faria é também uma boa contadora de histórias.

A ação desenrola-se numa vila no interior do nosso país durante a época de Salazar, e é no seio de uma família conservadora e fiel ao lema "Pátria, Deus e Família" que encontramos Cristiana, uma jovem em idade casadoira, qual flor em cativeiro, completamente atrofiada pela sua mãe, senhora de rígidos costumes.

Gostei de conhecer Cristiana e condoí-me um pouco da sua situação, mas sou sincera, houve ali qualquer coisa que não me pareceu certo. Em determinada altura é permitido à jovem ir passar uns dias de férias com uma amiga na Costa do Estoril. Assim? Sem mais nem menos? Sem supervisão materna? Achei estranho. E a suposta ingenuidade de Cristiana também me soou um pouco a exagerada. Afinal a rapariga lia revistas às escondidas da mãe, tinha amigas, uma delas bem vivaça, e primas (!), tinha sonhos, esperanças, sede de liberdade... e depois, deixa-se ficar? Resume-se à sua insignificante existência imposta pela mãe e acede casar com quem já sabe não amar? Perdoem-me, amigos, se vos revelo demasiado. Só que isto deixou-me mesmo revoltada! Será que a autora resolve esta questão na sequela. ;) Será?

Todos os lugares estão belissimamente retratados, a decoração das casa, o guarda roupa, os penteados, tudo enriqueça a narrativa e nos envolve ainda mais na história. Gostei muito, Paula Lobato de Faria. Sei o quão difícil é mantermo-nos fiel a uma época em todos os pormenores!

Resumindo, apesar daquelas dúvidas que espero ver resolvidas na continuação, gostei imenso de ler este livro. Reflecte bem como era a vida num típico lar burguês naquela época, e a quão pouco poder, tinham as jovens portuguesas, sobre as suas vidas, sendo completamente submissas à vontade dos pais. Recomendo! É uma excelente sugestão para prenda de Natal.

P.S. Adoro a capa. E o título, que afinal não é o nome de nenhuma personagem, mas da própria casa da família. 
5 estrelas, Clube do Autor!

‘Vamos dar cor onde ainda há cinzas’ - Iniciativa solidária da LeYa


Vamos dar cor onde ainda há cinzas
Iniciativa solidária da LeYa mobiliza livrarias, escolas e famílias na ajuda às populações atingidas pelos incêndios.

‘Vamos dar cor onde ainda há cinzas’ é o mote de uma iniciativa solidária promovida pela LeYa que, mobilizando livrarias, escolas e famílias, visa ajudar as populações atingidas pelo flagelo dos incêndios de junho e de outubro com a oferta de bens que ainda fazem falta.

Entre 6 de dezembro a 6 de janeiro, todas as livrarias LeYa em território continental e duas livrarias parceiras vão converter-se em autênticos pontos de recolha de bens em falta identificados nos distritos de Aveiro, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu. Nesta quadra festiva, cada um de nós poderá ajudar a fazer a diferença para muitas famílias doando bens que irão colmatar as necessidades locais identificadas pela LeYa junto das escolas e câmaras municipais desses distritos.

Os bens necessários, ainda em falta, são sobretudo material escolar, alimentos não perecíveis, produtos de higiene, pequenos eletrodomésticos, roupa exclusivamente de tamanhos XL e XXL, produtos de limpeza da casa, ferramentas, sementes e ração para animais. Estes bens poderão ser entregues na livraria LeYa mais próxima, na livraria José Almeida Gomes, em Coimbra, e na livraria Americana, em Leiria, até ao dia 6 de janeiro de 2018. Depois dessa data, os bens doados reunidos nas livrarias serão recolhidos pela LeYa e entregues nos agrupamentos escolares, câmaras municipais e associações dos distritos de Aveiro, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

No âmbito desta iniciativa, a LeYa irá doar mais de 5 mil livros, para diferentes idades, às famílias que residem nas localidades afetadas pelos incêndios.

Mais informações sobre esta iniciativa disponíveis em www.leyaeducacao.com/leyasolidaria.

Vamos dar cor onde ainda há cinzas.
Uma iniciativa LeYa Solidária

Lista de bens necessários:
•        Material escolar
•       Alimentos não perecíveis
•       Produtos de higiene
•       Pequenos eletrodomésticos
•       Roupa exclusivamente de tamanhos XL e XXL
•       Produtos de limpeza da casa
•       Ferramentas (martelos, alicates, pregos, etc.)
•       Sementes (milho, cevada, aveia, trigo, centeio, azevém, trevo)
•       Ração para animais (cães, gatos, ovelhas, cabras, galinhas, coelhos e porcos)

Pontos de recolha de bens:

Aveiro
LeYa em Aveiro - Centro Comercial Glicínias

Coimbra
José Almeida Gomes & Filhos - Lda R. Pinhal, 3

Leiria                   
Americana Livraria - Av. Heróis de Angola, 111

Lisboa                
Leya na Barata - Av. de Roma, 11
Leya na Buchholz - R. Duque de Palmela, 4
LeYa no Rossio– Prç. D. Pedro IV, 23

Porto                  
LeYa na Latina– R. de Santa Catarina, 2

Santarém          

Viseu                  
Leya em Viseu– R. Formosa, 83


Informações
LeYa Educação

Tão verdade!!

Quando estás a mesmo a chegar ao fim de um livro e as pessoas não param de te interromper!

Sugestão da Semana 48

A sugestão que vos trago esta semana é uma que também vou aproveitar para mim. ;)
Trata-se de um clássico da literatura que todos deveríamos ler:
"Cem Anos de Solidão" de Gabriel Garcia Marquez ganhou o Prémio Nobel da Literatura em 1982 e é um dos livros mais lidos e traduzidos em todo o mundo.

Esta edição à venda na Wook por 8€!

Em destaque: "Limões na Madrugada" de Carla M. Soares


Na passada sexta feira, enfreitei a Black Friday no Oeiras Parque para assistir ao lançamento do novo livro da Carla M. Soares - "Limões na Madrugada".


Foi um tempo muito bem passado já que o representante da editora fez um resumo do trabalho, a Carla falou um pouco sobre a história e sobre a protagonista principal, e a atriz Ana Saragoça leu dois excertos maravilhosos. Acreditem que naqueles minutos em que até fechei os olhos para ouvir a leitura com mais atenção, senti-me sugada para a situação que estava a ser descrita!

Estou em pulgas para começar a ler este livro!

Parabéns, Carla, por mais um "filhote"! ;)

sinopse do livro:
Aqui fica a
Ansiosa por regressar à Argentina, mas presa a Portugal, distante do homem que ama e da mulher com quem vive, Adriana está perante um dilema universal e intemporal: manter-se comodamente na ignorância ou desvendar o passado da família, como se de um caso policial se tratasse, enfrentando assim aquilo de que andou a fugir toda a vida, por mais doloroso que seja. 

Num jogo magistralmente imaginado pela autora, entre a vida atual de Adriana e os ecos do Portugal antigo, machista e violento dos seus pais e avós, esta história, de uma família e dois continentes, é uma viagem entre o presente e o passado, uma ponte sobre o fosso cultural que separa as gerações, um tratado sobre tudo aquilo que a família pode fazer à vida de um só indivíduo.

Entre a sombra e a luz, deixando que por vezes os silêncios falem mais alto do que as palavras, Limões na Madrugada é um romance sobre o amor incomum, o poder da família e a necessidade da coragem.


Gostei tanto deste livro!!

Gostei tanto deste livro!!

Mais um livro excecional!

A não perder!

Para os que gostam de thrillers...

Novo livro de Lesley Pearse!!

Um livro magistral!

Um livro magistral!
Neste livro, Jodi Picoult aborda temas como a raça, o privilégio, o preconceito, a injustiça e a compaixão.

O novo livro de Deborah Smith

Novo Thriller de Paula Hawkins

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Chiado Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2017 Blogger Template (Adapted by Fernanda Carvalho)